Entrar Registar en fr es Facebook

Canyoning em São Jorge

Com mais de 100 percursos equipados, os Açores são um território de excelência para a prática de canyoning, distribuindo-se pelas ilhas de São Miguel, Santa Maria, Faial, Terceira e especialmente nas ilhas das Flores e São Jorge.

Na sua generalidade, são percursos de elevada beleza e com níveis de dificuldade muito diversos, constituindo as grandes verticalidades e as cascatas para o mar os principais atrativos.

Informação sobre os canyonings nos Açores disponível em: http://desnivel.pt/canyoning/canyoning-portugal/canyoning-acores

A ilha de São Jorge é a segunda com melhores condições para a prática de canyoning nos Açores. Com 243,6 km2 de superfície e pouco mais de nove mil habitantes, São Jorge é uma ilha predominantemente rural com forte identidade paisagística. Pela proximidade geográfica com as ilhas do Pico e do Faial, São Jorge faz parte do subgrupo das “Ilhas do Triângulo” que mantêm uma ligação marítima diária durante todo o ano

são jorge.jpg

A sua costa é, em geral, bastante escarpada, com muitas cascatas, baías e fajãs, que foram sendo formadas por grandes desmoronamentos ou por escoadas lávicas. As fajãs, espaços relativamente planos, rodeados de mar e escarpas, são locais privilegiados para a ocupação humana e simultaneamente são nichos ecológicos muito ricos e diversificados, em especial pelo contraste entre as localizadas a norte, mais húmidas e agrestes, e as a sul da ilha, que são mais soalheiras.

A ilha de São Jorge apresenta, especialmente na parte oriental da ilha, tanto na encosta norte como na sul, uma grande densidade de cursos de água e de cascatas excelentes para a prática de canyoning.

Devido à abundância de água e a um clima ameno, é possível praticar esta atividade na ilha durante quase todo o ano, sendo o melhor período entre abril e outubro, embora sempre condicionado pela meteorologia e caudal das ribeiras.

As grandes verticalidades e as cascatas para o mar, constituem uns dos principais atrativos da ilha que apresenta condições para se afirmar como um importante destino internacional de canyoning, conjuntamente com a ilha das Flores. Contando em 2014 com 25 percursos equipados de grande diversidade em termos de dificuldade e interesse, São Jorge apresenta uma oferta capaz de satisfazer tanto os praticantes autónomos mais aventureiros, como os que pretendem experimentar esta atividade, devidamente enquadrados por empresas de animação turística em percursos mais simples mas de grande beleza. Ao contrário das outras ilhas do arquipélago, São Jorge ainda apresenta muitas ribeiras por explorar com bom potencial para a prática de canyoning.

A seleção dos percursos na ilha deve ter em conta tanto a sua localização e exposição às condições meteorológicas, como a dificuldade técnica dos mesmos e de acesso e regresso, pois alguns exigem apoio de embarcações e condições do mar propícias, ou grandes caminhadas para o regresso. É igualmente importante considerar a época do ano e a distribuição da chuva, pois alguns dos percursos no verão poderão estar secos ou ter um caudal muito reduzido.

O Guia de Canyoning dos Açores e um mapa detalhado da ilha de São Jorge (ZoomAzores) pode ser obtido nos quiosques de informação turística da ilha, com os percursos de canyoning e outras informações relevantes para ou praticantes ou ser adquirido via Associação Desnível no site: http://desnivel.pt / canyoning / canyoning-Portugal / canyoning-Açores