Entrar Registar en fr es Facebook

Açores

Com mais de 100 percursos equipados, os Açores são um território de excelência para a prática de canyoning, distribuindo-se pelas ilhas de São Miguel, Santa Maria, Faial, Terceira e especialmente nas ilhas das Flores e São Jorge.

Na sua generalidade, são percursos de grande beleza, com níveis de dificuldade muito diversos, constituindo as grandes verticalidades e as cascatas para o mar os principais atrativos.

As ilhas açorianas são de origem vulcânica, sendo as rochas predominantes do tipo complexo andesítico de tons escuros e outros materiais piroclásticos de projeção moderna. Em geral, a rocha é consolidada, especialmente nalgumas das grandes verticais. Pelas suas características, esta rocha apresenta arestas cortantes, forte fragmentação e possui alguns estratos pouco consolidados, que podem apresentar dificuldades para os praticantes de canyoning. A geologia das ilhas condiciona igualmente as caraterísticas dos percursos, predominando as rochas basálticas bastante consolidadas, intercaladas por outras mais brandas, sendo os percursos geralmente bastante escorregadios e exigindo uma boa gestão da utilização das cordas devido às arestas rochosas e possibilidade de queda de pedras.

Devido à abundância de água e a um clima ameno, é possível praticar esta atividade nos Açores durante quase todo o ano, sendo o melhor período de abril a outubro, embora sempre condicionado pela meteorologia e caudal das ribeiras.

Apesar da precipitação relativamente abundante, o acentuado declive e a reduzida dimensão da área das bacias hidrográficas na maioria das ribeiras onde existem percursos de canyoning, resulta num nível de dificuldade aquática globalmente baixo, embora muito irregular e dependente da ocorrência de precipitação.

 

Guia de canyoning dos Açores

Em 2014 foi editada pelo Turismo dos Açores a obra “Por caminhos de água… nos Açores – Guia de Canyoning”, da autoria de Francisco Silva, Maria do Céu Almeida e Paulo Pacheco, tendo por base um longo trabalho de levantamento de informação e de equipamento das várias ribeiras com potencial para canyoning na região, num projeto enquadrado de raiz pela Associação Desnível.

Guia Canyoning PT.jpg

Este guia (230 pág., disponível em língua portuguesa e inglesa) reúne informação essencial sobre todos os percursos equipados no Arquipélago dos Açores, englobando informação genérica e técnica sobre cada troço, incluindo a logística essencial para a sua descida e a representação dos vários croquis das ribeiras.O guia está disponível em:    http://desnivel.pt/canyoning/canyoning-portugal/canyoning-acores

Está igualmente disponível um mapa topográfico à escala 1/25.000 com indicação dos pontos de entrada e saída dos percursos de canyoning.